Python – Introdução ao Web Framework Flask

Vamos iniciar uma série de artigos sobre o desenvolvimento web utilizando Python. Vamos utilizar o micro framework Flask, para otimizar o processo de desenvolvimento com Python para web. Nesta série de artigos iremos desenvolver um painel financeiro simples, para controlar nossas finanças pessoais. Hoje vamos criar nosso Hello World.

O que é Flask?

O Flask é um micro framework web para Python. Um framework é um utilitário que traz várias funções, que são comuns em vários projetos já prontas. Isto facilita o desenvolvimento, pois não precisamos de nos preocupar com tarefas comuns como por exemplo: se conectar e manusear um banco de dados, o framework já traz várias funcionalidades comuns já implementadas, com isso temos mais velocidade no desenvolvimento. No caso do Flask ele é um micro framework, assim ele tem o objetivo de ser modular e trazer somente o essencial, caso deseje algo a mais pode ser feito a instalação da biblioteca adicional.

Ambiente de desenvolvimento Python

Para melhorar a organização e o processo de desenvolvimento da nossa aplicação com o Flask, vamos utilizar o venv para criar um ambiente virtual para nosso projeto. Um ambiente virtual Python possui um binário independente, e nele podemos ter instalados os pacotes de forma isolada da máquina. Assim conseguimos criar um local onde nossa aplicação funcionará independente da máquina, e todos os módulos da aplicação vão estar disponíveis neste ambiente.

Criando um ambiente virtual Python com o venv

Para instalar o venv utilize o comando:

pip3 install virtualenv

Após a instalação podemos criar nosso ambiente virtual com o comando:

virtualenv -p python3 controlefinanceiro

Substitua o controlefinanceiro, pelo nome que deseja para seu ambiente virtual. Neste comando estou utilizando python3, pois desejo que o ambiente tenha disponível o Python 3.

Para executar o ambiente, acesse o diretório do ambiente, este diretório possui o nome que foi dado para o ambiente, no caso deste exemplo é controlefinanceiro. Depois utilize o comando:

. bin/activate

Instalando o Flask

O processo de instalação do Flask é bem simples, mas temos dois pré-requisitos:

  • Python – Interpretador da linguagem Python
  • PIP – Gerenciador de pacotes para Python

Em sistemas operacionais Linux o Python já vem instalado por padrão, mas veja no site oficial, como realizar a instalação em outros sistemas operacionais. Depois de todos os pré-requisitos instalados utilize o comando:

pip3 install Flask

No comando acima utilizo o pip3 pois estou utilizando o Python na versão 3. Caso tenha criado o ambiente venv descrito anteriormente, verifique se está dentro do ambiente criado.

Gerando o arquivo de requisitos

Após a instalação do Flask que é um módulo externo, podemos utilizar o comando freeze para gerar nosso arquivo de requisitos. Com este arquivo, teremos os pré-requisitos da nossa aplicação descritos, assim quando for necessário mover nossa aplicação ou mesmo no processo de utilização do git poderemos facilmente instalar todos os pré-requisitos da aplicação. Para gerar o arquivo requirements utilize o comando:

pip3 freeze > requirements.txt

Hello World em Python

Após a instalação, abra no editor de códigos da sua preferência o diretório onde será criada a aplicação, crie o arquivo app.py e insira o seguinte conteúdo nele:

from flask import Flask

app = Flask(__name__)

@app.route("/")
def index():
  return "<h1>Hello, World</h1>"

if __name__ == "__main__":
  app.run()

Iniciamos o código acima importando o framework Flask que foi instalado em nosso sistema. Logo após isso criamos uma instância do Flask, e atribuímos a  variável app. Na criação da instância passamos por parâmetro a variável especial __name__. Essa variável é criada pelo interpretador Python quando ele está executando o arquivo, ela recebe um valor que especifica qual o arquivo que está sendo executado.

Depois disso criamos o decorator route para a função chamada index. Decorator é algo específico da linguagem Python, com ele conseguimos aplicar uma função sobre outra função sem modificar sua estrutura. Neste exemplo estamos aplicando o método: route sobre a função index.

A função route que é própria do framework Flask, nos permite criar rotas que podemos acessar pelo navegador. Neste exemplo estamos criando a rota / que no caso é a raiz da aplicação. Em nossa função index estamos retornando a mensagem: Hello World dentro da tag <h1> do HTML. Este retorno será diretamente impresso no navegador ao acessar essa rota.

Por último fazemos uma validação de segurança, onde verificamos se o arquivo executado pelo usuário é o arquivo principal da aplicação. Podemos fazer isso verificando se o valor da variável __name__ é igual á __main__ que indica que o arquivo executado é o arquivo principal. Se for verdadeiro, nossa aplicação é executada com a função run().

Executando uma aplicação Flask

Para executar a aplicação acesse o terminal abra o diretório da aplicação e utilize o comando:

python3 app.py

Depois disso, acesse o endereço retornado: http://127.0.0.1:5000/ que é o nosso localhost é veja a primeira página da nossa aplicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *